Você está deixando o Portal Médico GSK

Você está prestes a deixar o site da GSK. Ao clicar neste link, você será direcionado a um site que não pertence ou é controlado pela GSK. Portanto, a GSK não é responsável por demais conteúdos presentes neste site.

Continuar

Voltar

Histórico Familiar e Transtorno Bipolar

A presença de doença psiquiátrica nos pais e avós foi associada com uma idade mais precoce de início do transtorno bipolar, de acordo com um estudo internacional.

Idade de início do transtorno bipolar relacionada à carga de doença nos pais e avós

  • Histórico familiar de doença psiquiátrica e idade no início do transtorno bipolar

Foi observado que a idade média de início do transtorno bipolar varia entre os EUA e a Europa. Foi observado que a idade média de início do transtorno bipolar varia entre os EUA e a Europa.1 Nos EUA, 31% dos indivíduos com transtorno bipolar apresentaram o início da doença antes dos 13 anos, enquanto que o valor na Europa é de 5%.1 A explicação para essas diferenças ainda não foi completamente avaliada, mas o histórico familiar de doenças psiquiátricas é uma possível explicação.1

Os participantes foram recrutados em quatro localidades nos EUA e de três centros na Europa (na Holanda e na Alemanha).1 Foi incluído um total de 979 pacientes ambulatoriais com transtorno bipolar, diagnosticados pela Entrevista Clínica Estruturada do Manual de Diagnóstico e Estatística de Transtornos Mentais – 4ª edição (DSM-IV).1 A população dos EUA teve uma idade média de 40,6 anos, sendo 57,9% mulheres.1 Para os participantes incluídos na Europa, 53,8% eram mulheres e sua idade média foi de 40,3 anos.1

Todos os participantes preencheram questionários auto-classificados sobre histórico familiar de doenças psiquiátricas, incluindo transtorno bipolar, depressão unipolar, abuso de álcool, abuso de drogas, suicídio (ou tentativa de suicídio grave), e “outras doenças psiquiátricas”.1 Questionários adicionais avaliaram características demográficas, fatores estressantes na infância e o desenvolvimento de transtorno bipolar, incluindo a idade de início.1

  • Histórico familiar de doenças psiquiátricas 

Post e colaboradores confirmaram a diferença da idade de início do transtorno bipolar entre os participantes dos EUA e da Europa, respectivamente:1

·         Início na infância (<13 anos de idade), 31,1% versus 5,6%

·         Adolescência (<19 anos de idade), 38,1% versus 28,6%

·         Jovens adultos (<30 anos de idade), 19,8% versus 42,2%

·         Idade adulta (>30 anos de idade), 11,0% versus 23,7%.

O histórico familiar de doenças psiquiátricas foi associado com idade mais jovem de início do transtorno bipolar.1

Os pesquisadores observaram que um histórico familiar de doenças psiquiátricas foi significativamente associado com a idade de início do transtorno bipolar em toda a população (p<0,0001) e separadamente na população dos EUA (p<0,0001) e da Europa (p<0,005).1 Os participantes sem histórico familiar de doenças psiquiátricas tinham uma idade média de 24,1 anos de início, a qual reduziu linearmente para 12,9 anos para os participantes com ≥7 ocorrências de doenças psiquiátricas na família.1

  • Características das doenças psiquiátricas na família

Avaliando as doenças psiquiátricas específicas, os pais e avós com depressão e “outras doenças psiquiátricas” foram inversamente associados, de maneira significativa, com a idade do participante no início do transtorno bipolar (ambos p=0,02).1

Os pesquisadores observaram que, quando são considerados os fatores estressantes na infância, o abuso foi significativamente relacionado com idade mais jovem de início (p<0,001). Abuso foi definido como qualquer abuso verbal, físico ou sexual que ocorreu pelo menos ocasionalmente durante a infância.1 O histórico familiar de doenças psiquiátricas também foi independentemente associado com idade mais jovem de início do transtorno bipolar (p<0,001).11

Conclusões

Esses achados sugerem que o histórico familiar de doenças psiquiátricas aumenta a susceptibilidade de transtorno bipolar de início precoce.1 Os pacientes nos EUA tiveram uma maior carga de histórico familiar do que os pacientes de países europeus, o que é refletido em uma idade muito mais jovem no início do transtorno bipolar nos EUA.1 Post e colaboradores recomendam que outros fatores devem ser considerados quando avalia-se crianças em alto risco de transtorno bipolar, incluindo a avaliação doenças psiquiátricas nos avós e fatores estressantes na infância, como abuso.1

Referência:

1. POST, RM. et al. Age at onset of bipolar disorder related to parental and grandparental illness burden. J Clin Psychiatry, 77(10):e1309–e1315, 2016.