Você está deixando o Portal Médico GSK

Você está prestes a deixar o site da GSK. Ao clicar neste link, você será direcionado a um site que não pertence ou é controlado pela GSK. Portanto, a GSK não é responsável por demais conteúdos presentes neste site.

Continuar

Voltar

Estudo prospectivo comparativo de hemiface para tratamento de rugas periorbitais: Er-Yag Laser, Luz Intensa Pulsada e creme de tretinoína tópica 0,1%.

Hoje em dia, dispomos de várias opções terapêuticas para o tratamento de rugas periorbitais, desde devices associados ou não com tratamento tópico até toxina botulínica. Entretanto, existem poucos estudos comparativos entre as diversas modalidades terapêuticas. Neste artigo, desenhou-se um estudo de hemiface para comparação de eficácia e segurança do creme de tretinoína tópica 0,1%, Luz Intensa Pulsada (LIP) e laser fracionado Er: YAG para melhora das rugas periorbitais.1

Para efeito de estudo, foram escolhidas dezenove participantes coreanas de idades entre 30 e 52 anos. Elas aplicaram creme de tretinoína 0,1% nas rugas periorbitais do lado direito da face, todas as noites, uma vez ao dia no período de 3 meses. Tratamento fracionado ablativo foi realizado em 9 pacientes nas rugas periorbitais do lado esquerdo, utilizando laser Er: YAG 2.940nm (ACTION TM; Lutronic, Goyang, Korea); 10J/cm², 3 micropulsos, total de 3 tratamentos, a cada 4 semanas. As outras 10 pacientes foram tratadas com LIP (Solari TM; Lutronic) nas rugas do lado esquerdo; filtro de 510nm, intervalo de pulso de 15ns, 13J/cm², total de 3 tratamentos, a cada 4 semanas. Foi realizada uma avaliação cega da eficácia de cada tratamento na 12ª semana por 5 dermatologistas independentes que avaliaram as fotografias digitais pré e pós-tratamento.1

Na 12ª semana, o score médio de rugas do lado tratado com LIP diminuiu 20,4%, enquanto o lado tratado com tretinoína creme diminuiu em 21%. O score médio do lado tratado com Er:YAG diminuiu em 20.0%, enquanto o lado com aplicação de tretinoína 0,1% diminuiu em 26,8%. Entretanto, o grau de diferença não foi significativo entre as 3 modalidades.1

Referência: 1. A prospective split-face comparative study of periorbital wrinkle treatments: fractional erbium-doped yttrium aluminium gartnet laser, intense pulsed light, and topical 0,1% tretinoin cream. Ann Dermatol, 28(5): 650-652, 2016.

BR/DERM/0001/17 ABRIL/17