Você está deixando o Portal Médico GSK

Você está prestes a deixar o site da GSK. Ao clicar neste link, você será direcionado a um site que não pertence ou é controlado pela GSK. Portanto, a GSK não é responsável por demais conteúdos presentes neste site.

Continuar

Voltar

REDUÇÃO SUPERIOR DA ATIVIDADE DE DOENÇA (SRI-4) vs TERAPIA PADRÃO NA 52ª SEMANA1*

Quando administrado a pacientes com alta atividade de doença, BENLYSTA demostrou redução superior da atividade de doença vs placebo + terapia padrão.1,2


*Medida pelo SLE Responder Index (SRI), desfecho compostos por SELENA-SLEDAI, domínio BILAG e escore PGA.

**População com alta atividade de doença. Alta atividade de doença foi definida como anti-dsDNA positive (≥30 UI/mL) e baixo complemento C3 e/ou C4. 52% dos pacientes tinham alta atividade da doença no ínicio do BLISS-IV (52 e 76 dados agrupados).1


No estudo BLISS-52, a maioria dos pacientes que responderam ao BENLYSTA o fez nas primeiras 28 semanas de tratamento e mantiveram a resposta até a 52ª semana2


Nos estudos BLISS-52 e BLISS-76, a redução na atividade de doença foi observada pela melhora nos domínios mucocutâneos, musculoesqueléticos e imunológicos.4

  

  • Referências

    1.  BENLYSTA (belimumabe). Bula do Produto.

    2.  VAN VOLLENHOVEN, RF. et al. Belimumab in the treatment of systemic lupus erythematosus: high disease activity predictors of response. Ann Rheum Dis. 2012;71:1343-1349.

    3.  FURIE, R. et al. A Phase III, randomized, placebo-controlled study of belimumab, a monoclonal antibody that inhibits B lymphocyte stimulator, in patients with systemic lupus erythematosus. Arthritis Rheum; 63(12): 3918-3930, 2011.

    4.  MANZI, S. et al. Effects of belimumab, a B lymphocytes stimulator-Specific inhibitor, on disease activity across multiple organ domains in patients with systemic lupus erythematosus: combined results from two phase III trials. Ann Rheum Dis, 71; 1833 – 8, 2012.