Você está deixando o Portal Médico GSK

Você está prestes a deixar o site da GSK. Ao clicar neste link, você será direcionado a um site que não pertence ou é controlado pela GSK. Portanto, a GSK não é responsável por demais conteúdos presentes neste site.

Continuar

Voltar

O paciente imunodeprimido está com alguma lesão cutânea?

A pele e outras superfícies mucosas de pacientes imunodeprimidos geralmente são os primeiros pontos de contato da patologia.1

Você sabe identificar quais lesões cutâneas podem afetar os pacientes imunodeprimidos?

Assista ao vídeo com a Dra. Mariana Sasse (dermatologista) e o Dr. Frederico Marcondes (reumatologista e gerente médico GSK) sobre apresentações clínicas, lesões cutâneas características, possíveis diagnósticos e tratamentos.

 

A Dra. Mariana Sasse é Dermatologista, atualmente não trabalha na GSK, este vídeo foi produzido enquanto ela era funcionária GSK.

  • Referência

    1.  MAHON, JL. et al. The Immunocompromised Patient. Canada Family Physician, 33:349-359, 1987.