Você está deixando o Portal Médico GSK

Você está prestes a deixar o site da GSK. Ao clicar neste link, você será direcionado a um site que não pertence ou é controlado pela GSK. Portanto, a GSK não é responsável por demais conteúdos presentes neste site.

Continuar

Voltar

Paxil​® CR

Adultos

– Transtorno depressivo maior:
Paxil® CR é indicado para o tratamento dos sintomas do transtorno depressivo maior.
– Transtorno do pânico:
Paxil® CR mostrou-se eficaz no tratamento do transtorno do pânico com e sem agorafobia.
– Transtorno disfórico pré-menstrual:
Paxil® CR é indicado para o tratamento do transtorno disfórico pré-menstrual (PMDD).
– Transtorno de ansiedade social (fobia social):
Paxil® CR demonstrou ser eficaz no tratamento do transtorno de ansiedade social, ou fobia social. A eficácia dos comprimidos de Paxil® CR no tratamento de longa duração do transtorno de ansiedade social (fobia social) não foi avaliada. Portanto, se Paxil® CR tiver de ser administrado por períodos prolongados para tratamento desse transtorno, o médico deve reavaliar periodicamente a utilidade a longo prazo deste medicamento para cada paciente.

Crianças e adolescentes (menores de 18 anos)

Não é recomendado o uso de Paxil® CR, em qualquer de suas indicações, em crianças e adolescentes menores de 18 anos (ver o item Advertências e Precauções). A eficácia dos comprimidos de Paxil® CR não foi estudada em indivíduos dessa faixa etária. Estudos clínicos controlados do uso de paroxetina em comprimidos de liberação imediata em crianças e adolescentes com transtorno depressivo maior não demonstraram eficácia e não apoiam o uso de paroxetina no tratamento de crianças com depressão (ver o item Advertências e Precauções). A segurança e a eficácia da paroxetina em crianças com menos que 7 anos de idade não foram avaliadas.

Acesse

  • Informações de segurança

    As reações adversas associadas ao uso de Paxil CR são: náusea, disfunção sexual, aumento dos níveis de colesterol, diminuição do apetite, sonolência, insônia, agitação, sonhos anormais (inclusive pesadelos), vertigem, tremor, cefaleia, visão turva, bocejo, prisão de ventre, diarreia, vômitos, boca seca, sudorese, astenia e ganho de peso corporal.

    Adultos jovens, crianças e adolescentes, com transtorno depressivo maior, podem apresentar aumento do risco de comportamento suicida durante o tratamento com paroxetina. O desenvolvimento de eventos relacionados à síndrome serotoninérgica ou à síndrome neuroléptica maligna pode ocorrer durante o tratamento com paroxetina.

    CONTRAINDICAÇÃO: Paxil CR é contraindicado para pacientes com conhecida hipersensibilidade à droga ou a qualquer componente do produto.

    INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA: Paxil CR não deve ser usado concomitantemente com inibidores da monoaminoxidase (MAO), incluindo Linezolida.