Você está deixando o Portal Médico GSK

Você está prestes a deixar o site da GSK. Ao clicar neste link, você será direcionado a um site que não pertence ou é controlado pela GSK. Portanto, a GSK não é responsável por demais conteúdos presentes neste site.

Continuar

Voltar

     

Neste mês, a GSK lançou seu primeiro Relatório de Sustentabilidade, contando a história de projetos e ações da companhia em seus 112 anos de atuação no Brasil.

Inspirado na metodologia Global Reporting Initiative (GRI) e nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o relatório apresenta nosso compromisso com a sustentabilidade, nossas articulações, alianças e avanços com organizações da sociedade civil e de pesquisa, na busca da melhoria da qualidade da saúde dos brasileiros.

Seu conteúdo aborda as diferentes atividades, entre janeiro e dezembro de 2019, das divisões Farmacêutica (medicamentos de prescrição médica, HIV, Oncologia e Vacinas) e Consumer Healthcare (produtos isentos de prescrição médica), além das políticas e diretrizes de nossa governança dedicada a pacientes e parceiros. 

Neste relatório, mostramos as iniciativas referentes ao investimento em pesquisa e desenvolvimento de terapias para doenças negligenciadas e para as que são, ainda, uma grande preocupação da sociedade global, a partir do nosso empenho e diálogo na política de acesso dos pacientes a esses medicamentos.

Sobre Diversidade & Inclusão, temos o orgulho em alcançar a equidade no número de colaboradores homens e mulheres, que inclui uma distribuição de cargos de lideranças entre gêneros próxima dos 50%; além de trazer até você a história de como são formados nossos Comitês de Afinidade globais, propostos por funcionários que se identificam com causas e propósitos, sugerindo novos olhares e mudanças para mais inclusão social em nossa gestão. 

Atuando sobre duas temáticas principais ao contexto da sustentabilidade ambiental: o acesso universal à água e a redução dos impactos para conter o aquecimento global, contamos sobre as mudanças e esforços que estamos empreendendo nos processos produtivos. Além de zerarmos o envio de resíduos industriais para aterros sanitários – um ano antes do previsto -, inauguramos nossa Estação de Efluentes (ETE), reduzindo em 13% o consumo de água nova captada e passamos a reusar a água de forma mais ecoeficiente,

Sabemos que a sustentabilidade tem como base a articulação, o engajamento e o diálogo. Por isso, convidamos você a ler nosso relatório e interagir conosco, a partir desta trajetória centenária que sempre foi pautada pela sustentabilidade.

Clicando no botão abaixo, você terá acesso ao documento na íntegra.