Você está deixando o Portal Médico GSK

Você está prestes a deixar o site da GSK. Ao clicar neste link, você será direcionado a um site que não pertence ou é controlado pela GSK. Portanto, a GSK não é responsável por demais conteúdos presentes neste site.

Continuar

Voltar

   

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estimou em 2016 aproximadamente 139.535 casos notificados e 89.000 óbitos por coqueluche*1

*número de óbitos estimados em 2008 

  • A coqueluche ainda é uma das principais causas de mortalidade infantil em vários países.1-3
  • Tanto a vacinação com dTpa quanto a infecção natural, não conferem imunidade por toda a vida contra a coqueluche.2-5

Surtos de coqueluche ocorrem frequentemente em ciclos e são relatados a cada 3 a 5 anos5,6

Número de notificações de coqueluche e hospitalizações (Nova Zelândia) por mês e ano, 1998–20176

 

Dos 32.262 casos notificados no Brasil nos últimos 10 anos, 20.120 foram em bebês com menos de 1 ano de idade.7

  • 1. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Pertussis: immunization, vaccines and biological. Disponível em: <http://www.who.int/immunization/monitoring_surveillance/burden/vpd/surveillance_type/passive/pertussis/en/>. Acesso em 11 jul 2018.

    2. CROWCROFT, N.S., PEBODY, R.G. Recent developments in pertussis. Lancet, 367(9526):1926-1936, 2006.

    3. HEALY, C.M. Pertussis vaccination in pregnancy. Hum Vaccin Immunother, 12(8):1972-1981, 2016.

    4. WENDELBOE, A.M. et al. Duration of immunity against pertussis after natural infection or vaccination. Pediatr Infect Dis J, 24;S58-61, 2005.

    5. KLEIN, N.P. et al. Waning protection after fifth dose of acellular pertussis vaccine in children. N Engl J Med. 2012;367(11):1012-1019.

    6. ESR Science for Community. Pertussis Report 30 December 2017-26 January 2018. Disponível em: <https://surv.esr.cri.nz/PDF_surveillance/PertussisRpt/2018/PertussisReport26January2018.pdf>. Acesso em 11 jul 2018.

    7. BRASIL. Ministério da Saúde. Pesquisa realizada na base de dados DATASUS, utilizando os limites “ANO 1º SINTOMA(S)” para Linha, “FAIXA ETÁRIA” para Coluna, “CASOS CONFIRMADOS” para Conteúdo, “2007 a 2017” para Períodos disponíveis e “TODAS AS CATEGORIAS” para os demais itens. Base de dados disponível em: <http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sinannet/cnv/coquebr.def>. Acesso em 11 jul 2018.